O líder pacifista Mahatma* Gandhi (1869-1948) nasceu em Porbandar, na Índia, quando o seu país era colônia britânica. Ele estudou Direito em Londres e, depois de formado, mudou-se para Durban, na África do Sul, onde exerceu a advocacia até 1914. Nesta época, retornou à terra natal e, após o fim da Primeira Guerra Mundial, envolveu-se com o Congresso Nacional Indiano e o movimento pela emancipação do país.

Gandhi seguia os princípios da não-violência e da resistência pacífica, recorrendo a jejuns, greves e marchas para se manifestar, o que o levou à prisão diversas vezes pelas autoridades inglesas e, ao mesmo tempo, o transformou em um líder mundialmente reconhecido.

Em 1947, diferenças históricas e religiosas levaram a nação indiana a ser dividida entre o que se tornou o Estado moderno da Índia, predominantemente hindu, e o Paquistão, de maioria muçulmana, em 1947.

Os conflitos gerados pela separação levaram Gandhi à morte em Nova Déli, onde foi morto a tiros por um hindu radical, em 30 de janeiro de 1948. Suas cinzas foram jogadas no rio Ganges, local sagrado dos hindus.

*Em sânscrito, Mahatma significa “grande alma”.

©2020 Tempo - Centro de Estudos da Mente

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?