Conheça um pouco da história do iogue e guru indiano que influenciou a reflexão sobre espiritualidade no Ocidente

O iogue e guru indiano Paramahansa Yogananda (1893-1952) tornou-se um dos mais importantes emissários da filosofia e espiritualidade hindu no Ocidente, na década de 20, ao trazer à luz da consciência os domínios do ego humano e a ilusão do mundo material. Sua história de vida singular foi imortalizada no livro Autobiografia de um Iogue.

Desde os primeiros anos de vida, sua consciência e experiências espirituais já eram percebidas como muito além das comuns. Quando criança, ele manifestava lembranças de suas vidas passadas, fazia brincadeiras de suspender voluntariamente a vida do seu corpo e tentou algumas vezes fugir para o Himalaia, alarmando a todos a sua volta. Em profunda concentração, perguntava-se: O que há por trás da obscuridade dos olhos?

Em seu livro, Yogananda escreve abertamente sobre seu intenso desejo, surgido na infância, de compreender todas as experiências de vida e morte. No capítulo “A Lei dos Milagres”, traça paralelos entre as escrituras védicas e as leis físicas, buscando ajudar os leitores a compreender, de maneira científica, os poderes ditos milagrosos dos santos e a eterna relação entre Deus, a vida humana, a religião e a ciência.

Em 1935, seu guru Sri Yukteswar lhe conferiu o mais elevado título espiritual da índia: Paramahansa (Supremo Cisne), que significa “aquele que manifesta o estado maior de comunhão ininterrupta com Deus”. Hoje seus ensinamentos são difundidos pela Self-Realization Fellowship (SRF), organização fundada por Yogananda em 1920, situada no estado da Califórnia (Estados Unidos).

Conheça mais:
Filme – Awake: A vida de Yogananda (Disponível no Netflix e no YouTube)
Livro – Autobiografia de um iogue

Fontes:
http://vidaarteedireitonoticias.blogspot.com.br/2016/08/awake-vida-de-yogananda.html
https://pt.wikipedia.org/wiki/Paramahansa_Yogananda

©2020 Tempo - Centro de Estudos da Mente

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?