São Francisco de Assis nasceu em 1181 em Assis, na Itália.

Filho de Pietro de Bernardone, um rico comerciante, tinha uma vida despreocupada, muito agitada e extravagante. Como outros jovens de posses, sonhava ser um grande e heroico cavaleiro.

Por volta de seus 20 anos, Francisco alistou-se. Em um dos combates foi acometido por uma violenta febre e caiu doente por meses. Neste momento teve início o processo de conversão espiritual que o levou a abandonar o estilo de vida mundano que havia levado até então.

Francisco foi perdendo o entusiasmo pela sua forma de vida anterior, intensificou a prática de orações e meditação e passou a conviver cada vez mais com pessoas pobres e doentes, que antes lhe causavam aversão.

Em 1207 renunciou à família e aos bens paternos e passou a viver como um mendigo. Reconhecia na natureza a manifestação do Criador e chamava todas as criaturas de irmão e irmã. Companheiros e discípulos não tardaram a unir-se a ele, atraídos pelo exemplo marcante, dando início à ordem franciscana.

Ao ser apresentada em Roma, encontrou certa resistência dos cardeais, que achavam o ideal de Francisco muito rígido a respeito da pobreza. Mas decidiram que não poderiam proibir que aqueles homens vivessem como Cristo aconselhou no Evangelho.

Algum tempo depois, o papa impôs a eles o corte dos cabelos, e lhes enviou em missão de pregarem a penitência. Em 1219, após a viagem e de volta à Itália, reestruturou a ordem dos franciscanos e gradualmente passou a se dedicar apenas à vida meditativa, afastando-se de assuntos práticos.

Cinco anos depois, em meditação, Francisco tornou-se a primeira pessoa a receber os estigmas de Cristo. Com a saúde debilitada, quase cego e em sofrimento físico constante devido aos estigmas, morreu em 3 de outubro de 1226.

Foi canonizado dois anos depois, em 1228. Seu corpo permaneceu intocado até 1818, quando, após longa pesquisa, foi descoberto, e hoje permanece na capela inferior da Basílica de São Francesco, em Assis, ao lado de seus discípulos.

Fontes:

Livro: “O Irmão de Assis”, de Inácio Undurraga
Filme: “Irmão Sol, Irmã Lua” (Franco Zeffirelli, 1972)
Links: http://www.casadefranciscodeassis.org.br/vida-e-obra
http://www.assisiweb.com/vita_san_francesco_en.html (em inglês e italiano)
http://www.cruzterrasanta.com.br/historia-de-sao-francisco-de-assis/139/102/#c

©2020 Tempo - Centro de Estudos da Mente

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?